Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Distribuição de espécies arbóreas
Início do conteúdo da página

“Distribuição de espécies arbóreas na Amazônia Brasileira e estudos sobre procedência de madeiras para prevenção do desmatamento ilegal”

Publicado: Quinta, 24 de Junho de 2021, 08h37 | Última atualização em Segunda, 28 de Junho de 2021, 14h00 | Acessos: 41
imagem sem descrição.

PROCAD/CAPES: “Distribuição de espécies arbóreas na Amazônia Brasileira e estudos sobre procedência de madeiras para prevenção do desmatamento ilegal”- Número do Processo: 88881.516217/2020-01/Capes

  • Sobre: O PROCAD aprovado no edital número: 16/2020: PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA EM SEGURANÇA PÚBLICA E CIÊNCIAS FORENSES será desenvolvido por meio de uma cooperação nacional entre a Universidade Federal do Amazonas, representada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia (PPGCASA), com a Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp- Campus de Ilha Solteira), representada pelo Programa de Pós-Graduação em Agronomia e a Superintendência da Polícia Federal do Amazonas. A pesquisa será executada numa ação multinstitucional e interdisciplinar envolvendo, além das instituições cooperantes, outros colaboradores de outros institutos que foram credenciados nos programas de pós-graduação cooperantes, como a Embrapa Florestas e Embrapa Amazônia Ocidental.
  • Objetivos: O projeto objetiva a formação de recursos humanos qualificados, à pesquisa científica e o desenvolvimento tecnológico relacionado a estudos de distribuição de espécies arbóreas na Amazônia Brasileira para construir indicadores de políticas públicas relacionadas à conservação de espécies madeireiras e buscar estratégias para o rastreamento das espécies mais afetadas quanto ao desmatamento ilegal.

     

    Pesquisadores

     

     

    UFAM: Dra. Maria Teresa G. Lopes, Dra. Therezinha de Jesus Pinto Fraxe e Dr. Santiago Linorio Ferrreyra Ramos.

    Polícia Federal do Amazonas: Dr. Alexandre Silva Saraiva e Ricardo Lívio Santos Marques.

    UNESP: Dr. Mario Luiz Teixeira de Moraes.

    Embrapa Florestas: Dra. Ananda Virgínea de Aguiar e Dr. Marcos Silveira Wrege.

    Embrapa Amazônia Ocidental: Dr. Ricardo Lopes

Fim do conteúdo da página